James McVey fala para a LBC sobre a dificuldade de crescer com tantos esteriótipos de gênero

0
237

James McVey em parceria com a LBC fala o quão difícil é crescer em uma sociedade tomada por esteriótipos de gênero que dizem como o homem deve esconder suas emoções e ser forte, fato o qual resulta na alta taxa de suicídio masculino. James também conta a sua experiência de exclusão na escola quando criança por conta de suas atitudes consideradas “erradas”. Confira o vídeo e a tradução:

Eu quero contar a vocês o porquê, para mim, crescer não foi fácil. Esteriótipos de gênero restringem todos nós nas regras que eles infligem nas nossas vidas. “Meninos não choram” foi a frase que eu costumava ouvir quando eu estava na escola. Se um menino se machucaSSE durante uma brincadeira, a professora iria levantá-lo e falar pra ele “Seja um garotão”. Agora isso pode soar como nada, mas falar para NÓS esconDERMOS nossas emoções desde criança pode ter um grande impacto em como nos apresentamos. Se você tivesse me perguntado quando eu tinha sete anos de idade o que eu queria ser quando crescesse, eu teria dito “um soldado”. Todos os homens na televisão e os brinquedos que eu me inspirei, eram fortes, heróis musculosos, que poderiam ignorar um ferimento de UMA bala. Essa imagem muito idolatrada de um homem é inatingível e improdutiva. Na escola eu era magro, tinha cabelo comprido e piercings. Eu era diferente. Minha paixão por música, era um conceito de alienígena para muitos dos meus amigos. Eu era emocionalmente aberto nas minhas composições, e fui rejeitado por um grupo de garotos que achavam que eu deveria ser resistente e sem sentimentos. Atitudes como essa poderiam ter feito eu parar de BUSCAR meus sonhos. Mas eu sou sortudo. Suicídio ainda é o único maior assassino dos homens com menos de 45 anos e eles são quatro vezes mais propensos a acabar com suas vidas do que as mulheres. Não há uma simples solução para reduzir esse crescente problema, mas eu acho que nós temos que começar com a conversa. Porque finalmente, homens e mulheres, são iguais nas emoções. Os homens precisam para de enterrar suas cabeças na areia e eles precisam saber que podem se abrir. Porque é OK não estar OK.

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY